1

Endoscopia Digestiva Alta

O que é?

É um exame que é indicado para avaliação diagnóstica, podendo  entretanto ser usado para realização de intervenções terapêuticas.

Consiste na introdução de um aparelho flexível pela boca com iluminação central, que por sua vez permite a visualização de todo o trajeto examinado, que vai desde o esôfago, passando pelo estomago e alcançando a primeira porção do intestino (duodeno). O exame é realizado com anestesia tópica (um spray anestésico na garganta) e com sedação endovenosa que faz com que o paciente  adormeça imediatamente.
 

Qual o preparo para realização do exame?

• Na data anterior ao dia do exame, ficar em jejum absoluto - inclusive água – a partir das 10 (dez) horas da noite.

• No jantar deste mesmo dia tomar uma sopa sem carne ou macarrão instantâneo, (miojo), na quantidade que quiser, mas tem que ser um ou outro desses alimentos.

• Vir acompanhado por alguém que possa levá-lo, tendo em vista a impossibilidade do paciente de dirigir qualquer tipo de veículo automotor pelas próximas cinco horas subsequentes .

• O paciente deve permanecer na clínica pelo menos 50 minutos após a realização do exame em observação.

• Interromper o uso de qualquer AAS (acido acetil salicílico), quando fizer uso pelo menos 5 dias antes do exame.

• Se fizer uso continuo de algum medicamento, não tomar no dia do exame, trazê-lo para tomar na clinica após o exame.

• Comunicar qualquer problema de saúde, tais como: bronquite, asma, alergias a medicamentos, pressão alta, diabetes, doenças cardíacas, etc.

• Se fizer uso de óculos e próteses dentárias, precisará removê-los durante o exame.

• No caso de mulher, evitar salto alto e o uso de batom.

 

Observações Importantes:

* Caso você seja diabético, marque o exame para o horário mais cedo possível e deixe para fazer uso de insulina ou dos hipoglicemiantes orais após o exame e próximo à primeira refeição do dia.

* No caso de mulheres que amamentam, só poderá amamentar seu filho depois de pelo menos 06 horas depois do exame.

* O médico e/ou a enfermeira estarão disponíveis para explicar o procedimento e responder as suas perguntas. 
 

O que acontecerá durante o exame?

Durante o procedimento, por conta da sedação, você nada sentirá.

Como protocolo da clinica, pequenas amostras de tecido (biópsias) podem ser colhidas durante o exame para análise microscópica detalhada. Não se preocupe, porque o paciente não sente nada.

Quando houver a presença de lesões elevadas (pólipos), o médico poderá realizar, dependendo do caso, a retirada da lesão (polipectomia) durante o procedimento. Caso não haja intercorrências, a duração média do procedimento é de 15 minutos.
 

Quais os riscos do procedimento?

A endoscopia digestiva alta é um exame seguro. No entanto, como todo ato médico, ela não é isenta de riscos. A complicação mais frequente é a flebite (dor e inchaço no trajeto da veia puncionada) que pode acontecer em até  5% dos casos, dependendo da medicação utilizada para sedação e rinite secundária a administração de oxigênio por cânula nasal, quando necessário.  Complicações mais sérias são muito raras ocorrendo em menos de 0,2% dos casos.

No que tange as medicações utilizadas na sedação, ainda como reação existe a de ordem sistêmica  e de natureza cardio-respiratória, incluindo depressão respiratória com diminuição na oxigenação sangüínea e alterações no ritmo cardíaco (bradicardia e taquicardia) e na pressão arterial sistêmica (hipotensão e hipertensão).

Esses efeitos colaterais são constantemente monitorizados durante o exame com o uso de monitor de oxigenação sangüínea e de controle da freqüência cardíaca, estando a equipe habilitada para o tratamento imediato de qualquer uma dessas complicações.
 

O que devo fazer após o procedimento ?

Você irá permanecer na sala de repouso por cerca de 50 minutos, até que os efeitos principais das medicações empregadas para a sedação desapareçam. Sua garganta pode ficar adormecida ou levemente irritada e você pode sentir um discreto desconforto no estômago. Espirros ou sensação de congestão nasal podem ocorrer caso você tenha recebido oxigênio suplementar durante o exame.

Como já exposto, por conta da sedação um acompanhante deve estar obrigatoriamente disponível para ajudá-lo voltar para casa. Devido aos efeitos da medicação, você não deve dirigir carros, operar máquinas, ou beber álcool até o dia seguinte ao exame, quando você será capaz de retornar às suas atividades rotineiras.

Após o exame, você pode voltar a sua dieta normal e a fazer uso de suas medicações rotineiras, a menos que tenha sido instruído do contrário por seu médico. O resultado do exame deve ser interpretado de acordo com sua história clínica e exame físico, pelo seu médico, aquele que pediu o exame.

Seu exame ficará pronto em 10 (dez) dias, data esta que você deverá observar para marcar seu retorno com o seu médico.

O médico que solicitou o exame é o profissional mais habilitado para orientá-lo em relação ao diagnóstico encontrado.
 

Quais os cuidados pós Endoscopia:

Após exame:

• Permanecer de repouso na clínica, até se sentir perfeitamente bem

• Após o término do exame e durante o dia, é interessante ingerir dieta leve tais como legumes cozidos, sopas e sucos.

• Devido ao sedativo na realização do exame, o paciente NÃO PODE, dirigir automóvel ou outros veículos durante TODO O DIA.

• Durante um período de 8 horas NÃO pode realizar tarefas que necessitem de atenção ou concentração, tais como mexer com máquinas e objetos cortantes. Também sugerimos NÃO marcar compromissos aonde tomarão decisões importantes.

• Evitar bebidas que contenham álcool.


ATENÇÃO:

• A medicação usada na sedação poderá ocasionar um período curto de amnésia.

• É interessante que caminhe, se movimente, após o exame. Isto fará com que você elimine o ar injetado de maneira natural, evitando desconforto e cólicas.

• Caso não passe as cólicas, tomar antigases.